Seattle: tudo que você precisa saber sobre Seattle num só lugar

Seattle é uma cidade norte americana localizada no extremo norte da costa oeste dos EUA. É sede do condado de King no estado de Washington, e é a cidade mais populosa do estado, com cerca de 660 mil habitantes e 4 milhões em sua área metropolitana estimados atualmente…

Acordei hoje pensando: -Será possível colocar num único post tudo sobre essa bela cidade? Todas aquelas “TOP coisas” que você precisa saber para conhecê-la… Sabe?

Pensando nisso, fiz um resumo com todas as informações importantes sobre esta cidade que tanto me despertou a curiosidade, e que tanto sou apaixonada!

Seattle
Seattle

Para começar, um breve resumo

Seattle foi fundada em 1869 e é uma das cidades que mais crescem nos Estados Unidos. É a maior cidade da região Noroeste do Pacífico, e vem se tornando cada vez mais um centro de comércio, cultura, ciência e inovação dessa região.

Seattle é a cidade do Space Needle e de Grey’s Anatomy, a casa da StarBucks, Amazon, Microsoft e Boeing, cidade natal do Jimi Hendrix e berço do rock grunge. Lançou para o mundo Kurt Cobain e bandas como Nirvana, Pearl Jam e Alice in Chains. É uma cidade portuária. Localiza-se numa região privilegiada, circundada por montanha e muita água, com uma beleza natural inigualável. Tem um clima “suave” e oferece oportunidades de lazer ao longo de todo o ano.

-Seattle tem um espírito jovem, relax e alto astral, e recebe muito bem os visitantes.

“TOP25 coisas” que você precisa saber sobre Seattle

Eu costumo dizer que Seattle é um lugar para viver, passear e estudar. É para quem gosta de música, tecnologia, natureza e cultura! E, ao mesmo tempo que é um grande centro financeiro, comercial e industrial, é uma cidade turística descolada, alternativa e multicultural.

-Prepare-se para se apaixonar!

1. O nome da cidade vem do índio “Sealth”

A região foi habitada por nativos americanos (os índios norte-americanos) por quatro mil anos antes do primeiro assentamento de homens brancos no local. Quando os primeiros colonos brancos chegaram em 1851, as tribos Suquamish e Duwamish ocupavam várias aldeias próximas a baía de Elliott.

O nome Seattle é um derivado do nome do índio “Sealth”, chefes dessas tribos (Chief Sealth), que ficou famoso por um “suposto discurso” em favor do respeito aos direitos dos nativos à terra americana, na época da ocupação da terra pelos brancos.

Se quiser conhecer um pouco mais sobre essa história dá uma olhada em nosso post sobre a origem do nome Seattle.

2. Não é a capital do estado de Washington

Diferente do que muitos pensam, Seattle não é a capital de Washington. Fica a cerca de 100km a nordeste da capital Olympia.

Atenção: não confunda o estado de Washington com a capital do país Washington D.C., localizada no extremo leste do país.

3. É um “istmo” (estreito de terra)

Seattle é um estreito de terra, cercado por água em dois de seus lados; a oeste pela enseada de Puget (Puget Sound), braço do Oceano Pacífico, e a leste pelo lago Washington.

Embora situada na beira da água fica longe do mar aberto; tem a baía gigantesca de Puget Sound que liga a cidade ao Oceano Pacífico, e para chegar em uma praia de mar aberto tem que atravessar a Península Olímpica.

Tem 369 km² de área, sendo 217 km² de terra e 152 km² de água.

4. É uma cidade portuária na costa do oceano Pacífico

Seattle é um importante porto marítimo do país, servindo como porta de entrada para o comércio com a Ásia do Pacífico. Seu porto está entre os 10 maiores dos Estados Unidos e suas operações marítimas comerciais são responsáveis por injetar $430 milhões em compras e $2.5 bilhões de receita na economia local por ano. Veja nosso post sobre Seattle cidade portuária.

5. É conhecida como a “Porta de entrada para o Alasca”

Vocês sabem que o Alasca é um dos dois estados americanos (ele e o Havaí) que não fazem parte da área contínua dos Estados Unidos (os 48 estados localizados entre o Canadá e o México), certo? Saindo dos EUA, para chegar nele tem que passar pelo Canadá, pelo território de Yukon e província de Colúmbia Britânica. -Pois é!

Seattle é uma das cidades mais próximas do Alasca, sendo a última cidade americana mais próxima.

6. Seattle fica perto de Vancouver no Canadá

Seattle fica a 182km ao sul da fronteira com o Canadá, mais perto de Vancouver no Canadá (230km) do que das principais cidades do país, como Miami, Nova Iorque e Los Angeles.

7. Seattle tem um clima “suave” apesar da constante chuvinha

De certo que você já ouviu falar sobre a chuva em Seattle, certo? Mas você sabia que chove menos em Seattle do que em Nova Iorque e na maioria das cidades da costa leste?

-Essa eu te peguei, não foi? Mas é verdade! Pelo menos em volume de precipitação…

O problema maior aqui não é a chuva constante (é uma chuvinha fina que não atrapalha muita coisa. É só se acostumar com ela), o pior são os dias sem sol. A cidade é conhecida como uma cidade cinza por causa de seus dias nublado. E isso é verdade em mais de 200 dias do ano! Mas em sua grande parte é um nublado parcial. Veja tempo em Seattle.

Tirando isso, o clima é até ameno e pode ser descrito como “suave”. É um clima tipicamente oceânico, com invernos úmidos e levemente frios, e verões secos e frescos.

Pode esperar uma temperatura amena na maioria dos dias, com MÉDIAS entre 2 e 7 ºC no inverno e 13 e 26 ºC no verão. Em janeiro as temperaturas podem chegar abaixo de zero, mas em poucos dias do ano (cerca de 15), e praticamente não neva na cidade; normalmente umas 3 ou 4 tempestades por ano somente. A neve fica mesmo nas montanhas. Mas em julho pode ter dias perto dos 40 graus!

Temperatura média e volume de chuva anuais em Seattle
Temperatura média e volume de chuva anuais em Seattle

Eu diria que Seattle não faz um frio desumano, não faz um calor absurdo, é meio cinza a maior parte do tempo e está sempre meio friozinho. Uma delícia!!!

8. A maioria de sua população é branca e está entre 25 e 34 anos

Agora vamos entrar um pouco na parte dos números. -Sim, eu sei, é meio chato! Mas é importante para conhecer a cidade.

Seattle é a cidade mais populosa do King County, a 23ª mais populosa do país e com a 15ª região metropolitana (Seattle-Tacoma-Bellevue) mais populosa dos EUA.

Os resultados do último censo (Censo 2010), realizado em 2010 (é feito a cada década), indicam que:

  • A população de Seattle é de 608.660 habitantes. Praticamente 50% do sexo masculino (304.030) e 50% do sexo feminino (304.630).
  • 69% dos moradores de Seattle são brancos. Dos 31% restantes de outras etnias, o maior grupo é o de asiáticos (14%). Esse número comprova a forte imigração asiática! -Bem que eu já falei em outros artigos que você vê muito dos olhinhos puxados por aqui…
  • Quase 3/4 dos moradores de Seattle são adultos entre 18 e 64 anos de idade, com uma concentração particularmente elevada de jovens adultos entre 25 e 34 anos.
  • Seattle tem 283.510 domicílios, das quais 41% são de uma pessoa somente. O número médio de pessoas por domicílio é 2,06. Além disso, cerca de 19% dos domicílios são de famílias com filho (menores de 18 anos), 24% são de famílias sem filhos e 16% dos domicílios são de pessoas que moram juntos e não são parentes.
Divisão racial e grupos de idade do Censo 2010 em Seattle
Divisão racial e grupos de idade do Censo 2010 em Seattle

9. Tem qualidade de vida garantida

A cidade dá um show de qualidade de vida. É limpa, arborizada e sempre verde durante todo o ano. Garantia de ar puro!

Educação

Segundo estudo feito pela Central Connecticut State University, Seattle é a cidade mais alfabetizada dos EUA. Além disso, as pesquisas do United States Census Bureau indicam que Seattle tem uma das maiores taxas de graduados entre as grandes cidades do país.

92% dos moradores de Seattle com 25 anos ou mais tem um diploma do ensino médio, 56% tem um grau de bacharel (ensino superior) e 23% tem uma pós-graduação.

-Forte, né? Não dá nem para imaginar uma comparação com o grau de instrução que temos no Brasil…

Seattle tem muitas instituições de ensino superior de qualidade, mas aqui vale um destaque especial para a Universidade de Washington, uma das universidades públicas mais respeitadas do país, dentro das Top 10 de pesquisa e a maior no Noroeste do Pacífico.

Transporte Público

A infraestrutura de transporte público é muito boa e fácil de usar! Ônibus, metro, trem e até transporte aquático; tudo dentro de um sistema interligado. O ônibus é a melhor opção. Aqui tudo funciona! Veja nosso post sobre transporte em Seattle.

Segurança e Violência

Seattle não é uma cidade violenta. Basta ver as estatísticas sobre homicídios dos últimos anos. Segundo o Departamento de Polícia de Seattle, uma média de 23 registros nos últimos 8 anos. -Números inacreditáveis se comparados aos que temos no Brasil!!!

Mas, como qualquer cidade grande, tem seus problemas de segurança pública; principalmente nos registros de pequenos furtos (numa média anual de 24.423 registros) e no volume de moradores de rua e pedintes dos últimos anos. Esses últimos sim, chamam atenção hoje em Seattle. -Os famosos homeless não chegam a ser perigosos, mas incomodam bastante!

É sempre bom se prevenir e saber por onde andar e a que horas andar!

Se quiser mais detalhes dê uma olhada em nosso post sobre segurança em Seattle.

Estatística de crimes em Seattle nos últimos 8 anos (Fonte: Departamento de Polícia de Seattle – Seattle.gov)
Estatística de crimes em Seattle nos últimos 8 anos (Fonte: Departamento de Polícia de Seattle – Seattle.gov)

 Saúde

Eu diria que é aqui que o bicho pega! Mas não é exclusividade da cidade, é um mal nacional…

Seattle funciona como um centro de saúde da região, com várias instituições de saúde, como clínicas e hospitais, de qualidade. O problema aqui não é qualidade, é o mesmo do restante do país: a saúde, em qualquer nível, custa caríssimo e nem todos têm acesso.

O sistema de saúde nos EUA não é dos melhores, não existe um Sistema Único de Saúde que garanta tratamento a todos os cidadãos, de forma gratuita. Você precisa garantir um plano de saúde particular para ter acesso a um bom atendimento. E ainda assim é bem complicado. Dá uma olhada no post que fiz sobre isso: Saúde nos EUA.

10. Tem um alto custo de vida

Seattle não é um lugar dos mais baratos para se viver nos EUA; longe disso! Seu custo de vida equipara-se com cidades como Boston e Los Angeles, e perde somente para Nova Iorque e São Francisco. Chega a ser 30% mais alto do que em Dallas.

Comparação do custo de vida de Seattle em relação a algumas cidades americanas
Comparação do custo de vida de Seattle em relação a algumas cidades americanas

-Definitivamente Seattle não é das cidades mais baratas! Tenho que concordar!

Principalmente a partir da década de 1980, quando a cidade se tornou um centro tecnológico, recebeu muita gente de fora, teve uma boa recuperação econômica e acabou aumentando seu custo de vida.

O custo de vida em Seattle é atualmente 24% superior à média nacional. Sendo o custo de habitação o que mais pesa, com 57% acima da média nacional.

O valor de um aluguel, por exemplo, varia muito de bairro para bairro (claro!) e vem crescendo ano após ano, mas só para dar uma ideia, eu diria que a média mensal de um apartamento de 1 quarto atualmente deve ser algo em torno de $1.500.

Custo de vida em Seattle em relação à média nacional, por categoria de despesa
Custo de vida em Seattle em relação à média nacional, por categoria de despesa

11. Tem uma renda familiar média acima da média nacional

A American Community Survey (ACS) em 2011 estimou uma renda por domicílio de $61.037 anual, o que é acima da média nacional ($50.502) e abaixo da média da região metropolitana de Seattle ($64.085). Esse resultado comprova a concentração de domicílios unipessoais, de estudantes e jovens adultos que vivem em Seattle.

A média familiar foi estimada em $91.279 anual e a renda per capita ficou em $39.886 anual.

Renda média dos domicílios, famílias e per capita em Seattle, Região Metropolitana e Nacional
Renda média dos domicílios, famílias e per capita em Seattle, Região Metropolitana e Nacional

Já a taxa de pobreza foi estimada em 15%, ou seja, 15% dos moradores de Seattle teve rendimentos abaixo do limiar de pobreza, que, para a ACS em 2011, foi de $18.000 para uma família de três pessoas com uma criança menor de 18 anos.

12. Os maiores salários da região não estão em Seattle

É isso mesmo! Embora seja a maior cidade da região não estão em Seattle os maiores salários.

Algumas grandes empresas (e grandes empregadores) estão localizados nos arredores da cidade, como é o caso da Microsoft com sede em Redmond. O que faz com que os salários nesta cidade sejam significativamente maiores do que os de Seattle. Eles são, inclusive, os maiores da região.

Cidades como Redmond e Bellevue são ótimas opções para encontrar trabalho. Com meros 20 a 30 minutos de distância, é fácil morar em Seattle e trabalhar em Redmond ou Bellevue.

Inclusive, a indústria de TI é umas das que mais emprega e melhor paga por aqui. Só para dar uma ideia de ordem de grandeza, o salário médio de um engenheiro de software é cerca de $98.000 anual, podendo chegar a $122.000 para os seniores. Veja bem, é só uma média, ok? Varia muito.

13. É um grande centro tecnológico

A exploração vegetal foi a primeira grande atividade econômica da cidade (basta reparar na quantidade de florestas que temos na região). A atividade logística também é muito forte por causa do porto. Mas sem dúvidas que tecnologia é o forte por aqui.

Seattle é um centro da indústria aeroespacial desde a II Guerra Mundial e desenvolve-se como um centro de tecnologia na década de 1980, com o surgimento de novas empresas de software, internet e biotecnologia. E mais recentemente vem se tornando um centro para a indústria “verde” e um modelo de desenvolvimento sustentável.

Eu costumo dizer que Seattle é uma das cidades mais tecnologicamente “antenadas” do mundo, seja pelo seu estilo de vanguarda seja por sediar empresas de altíssima tecnologia. Veja nosso post Seattle centro tecnológico.

14. É sede da Microsoft e da Amazon

Seattle é um centro de tecnologia da informação bem conhecido pelas pessoas do mundo de desenvolvimento de TI. Atualmente é o setor que mais emprega gente na região.

Facebook, Google e Apple têm filiais por aqui, e é aqui que fica a seda da Microsoft e da Amazon.

-Quem nunca ouviu falar na Microsoft ou na Amazon?

A Microsoft é a maior empresa de software do planeta. Seu produto mais famoso, o Windows, é o sistema operacional mais usado do mundo a décadas.

Já a Amazon foi uma das primeiras empresas com alguma relevância a vender produtos na Internet. Falou em comércio eletrônico, pensou na Amazon, certo?

15. É berço da indústria aeroespacial

A Boeing nasceu em Seattle a 100 anos atrás e transformou a cidade num centro da indústria aeroespacial. Sua fábrica em Everett (Fábrica da Boeing em Seattle), região metropolitana de Seattle, é a maior fábrica de aviões do mundo e emprega mais de 40 mil funcionários da região.

16. É a cidade americana do café

Seattle definitivamente é a cidade americana onde se toma mais café (maior consumo per capita da bebida), e aparece em todas as listas de cidades mais fanáticas por café no mundo.

Todo morador que se preza gosta de um belo café. Mais que isso, a cafeteria é usada para fazer uma reunião, ler um jornal, estudar ou somente ver gente. Beber café em Seattle é socializar! Haja vista o tanto de cafeterias que há, em todos os bairros e em todas as esquinas…

Não à toa, foi em Seattle que nasceu a maior rede de cafeterias do mundo, e está aqui até hoje a sua loja inaugural, a StarBucks Seattle.

17. É conhecida como “The Emerald City”

Nas últimas décadas Seattle recebeu o apelido de “A cidade Esmeralda” por causa das grandes áreas verdes que cobrem a região durante todo o ano. O próprio estado de Washington é conhecido como o estado verde (The Evergreen State) por causa de suas florestas.

Sua beleza natural é indescritível. A cidade está construída sobre sete colinas e é cercada por montanhas, florestas, e muita água! Veja nosso post Seattle cidade Esmeralda.

18. É o berço do rock grunge

Foi em Seattle que, no final da década de 1980, surgiu o estilo musical rock grunge, um subgênero do rock alternativo inspirado no rock punk e no heavy metal. Nasceu com as bandas de garagem da cidade e deu origem ao movimento grunge da época, impulsionado por bandas como Nirvana, Pearl Jam e Alice in Chains. Veja nosso post Grunge em Seattle.

Na realidade, Seattle tem uma história musical muito rica (veja música em Seattle). Além se ser um dos principais redutos do movimento “garage rock” dos anos 60, foi aqui que nasceu ou se formou muitos dos nomes da música. É a cidade natal do guitarrista Jimi Hendrix, lançou para o mundo o Kurt Cobain do Nirvana, projetou artistas de jazz, como Ray Charles, Quincy Jones e Ernestine Anderson, e por aí vai…

19. A maconha recreativa é liberada

Washington foi o primeiro estado americano que legalizou o uso recreativo da maconha, indo de encontro a legislação nacional! Desta forma, em Seattle você pode consumir maconha por diversão.

O uso é permitido para maiores de 21 anos e o consumo liberado é de até 28 gramas. E o mais importante; só é permitido o uso domiciliar, não é permitido fumar maconha na rua ou em praça pública!

Muito embora essa seja a lei, é fato que você pode encontrar pessoas consumindo a droga nos lugares públicos. Inclusive, esse é apontado como um dos motivos do aumento de homeless nas ruas da cidade. Pessoas de outros estados vêm para Seattle em busca desse barato!!!

20. Em Seattle todas as tribos se encontram em harmonia

Com um prefeito abertamente gay (Edward Murray), a comunidade LGBT de Seattle está entre uma das maiores entre as principais áreas metropolitanas do país. O casamento entre pessoas do mesmo sexo é permitido desde 2012, e a cidade é um dos destinos preferidos por esses visitantes.

Além disso, encontramos gente de todo lugar do mundo por aqui, o encontro de etnias diferentes é inevitável. A comunidade asiática é enorme (basta andar pelo Chinatown-International District), a comunidade de artistas de Fremont também, e comunidade LGBT de Capitol Hill, nem se fala.

Todos convivem na mais perfeita harmonia! -É fato que Seattle é uma cidade do mundo!

21. É a cidade de Grey’s Anatomy

Costumo dizer que Seattle é praticamente um personagem da famosa série da TV americana Grey’s Anatomy, sucesso de público e crítica. A autora conseguiu reproduzir perfeitamente a vida na cidade, e todos os detalhes fazem a diferença.

Além disso, a cidade também aparece em diversas outros programas e filmes. Crepúsculo, Sintonia de amor, A mão que balança o berço, Assédio sexual, Vida de solteiro, 10 Coisas que eu odeio em você e 50 Tons de Cinza, são alguns deles.

22. É a cidade do Seahawks

Todo americano de verdade é fanático pelo futebol americano! Não seria diferente em Seattle, onde o time da cidade, o Seattle Seahawks, é febre! Seu estádio, o CenturyLink é conhecido como o mais barulhento da NFL.

23. O forte de sua culinária são os frutos do mar

Seattle é uma cidade portuária, a beira do Oceano Pacífico. Nada mais natural do que sua especialidade em frutos do mar. Esse tipo de culinária é o que não falta por aqui. Destaque especial para os caranguejos gigantes.

Mas além disso, Seattle é uma cidade cosmopolita, tem cozinha de tudo quanto é parte do mundo: japonesa, mexicana, indiana, grega, italiana, tailandesa, coreana, chinesa, francesa, portuguesa. Para todo gosto e valor.

24. É a cidade do Space Needle

Construída para a feira mundial de Seattle em 1962 (Expo 62 Seattle), a torre futurista de Seattle (que lembra um de meus desenhos favoritos de infância, Os Jetsons), é seu maior cartão postal! O Space Needle estampa a maioria das fotos e imagens da cidade.

25. É uma cidade turística

Atrás do setor de TI somente, o turismo é um dos que mais emprega na região. Daí você pode imaginar o tanto de coisa que temos para fazer por aqui. São muitas opções de atividades ao longo de todo o ano.

Segundo dados oficiais (Seattle.gov), em 2014 a região do King Country recebeu cerca de 19,2 milhões de visitantes que deixaram para região cerca de $6,4 bilhões gastos em suas visitas.

Mas desse total, somente 8% são de visitantes internacionais (que correspondem a 18% do valor gasto nas visitas). Com 70%, os canadenses são os que mais visitam a região (esperado diante da proximidade geográfica), seguidos pelo Reino Unido e pelos Asiáticos (japoneses e chineses)! O Brasil nem aparece na estatística, está dentro de outros

Quer ser um visitante brasileiro fora da curva? Ficou com vontade de conhecer a cidade? Veja post sobre turismo em Seattle.

8 Comentário

  1. Estou doida pela cidade.
    Sempre tive vontade de um dia ir para um lugar acolhedor mas ao mesmo tempo cosmopolita assim. Seattle tem realmente tudo que mais amo e tenho lido loucamente todas as suas postagens! hahahaha

    Parabéns pelo site, Luciana!

  2. Fiquei meio decepcionado em saber que a temperatura pode chegar aos 40 graus em Julho. Pelo jeito não tem como fugir de uma vez por todas desse calor infernal do Rio de Janeiro, hahaha.

    Parabéns pelo trabalho.

    • Oi Paulo, que bom que gostou do site!
      É isso mesmo, o verão em Seattle é bem quente mesmo, mas é curto. Nada que se compare ao Rio de Janeiro. 🙂
      Luciana

  3. Estou amando todas as dicas sobre Seattle.
    Parabéns pelo trabalho, não há nada parecido…pelo menos não encontrei ainda.
    Irei à Seattle no próximo mês e usarei muitas dicas daqui.

    Obrigada

    • Oi Bianca,
      Que bom que gostou do nosso blog. Eu adoro Seattle! Aproveite muito a viagem e se precisar de alguma outra dica pode nos contactar.
      Depois da visita me fala o que achou da cidade. É sempre bom receber um feedback. Obrigada, Luciana Coelho.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*