Olympic Sculpture Park: um museu de arte a céu aberto

O Olympic Sculpture Park é um museu ou um parque?

Olympic Sculpture Park (Fonte: Wikipedia)
Olympic Sculpture Park (Fonte: Wikipedia)

-Que tal juntar essas duas coisas num só lugar?

Foi o que fizeram as idealizadoras do Olympic Sculpture Park; Mimi Gardner Gates, diretora do Museu de Arte de Seattle, e Martha Wyckoff, administradora da Fundação para Terras Públicas. Assim, em 1996 eis que surge a ideia de um parque de esculturas na zona portuária de Seattle para aumentar o acervo do Museu de Arte de Seattle e abrigar suas grandes obras.

Começaram então a procurar possíveis locais para o parque, e em 1999 deram início a maior campanha de arrecadação de fundos na história cultural da cidade de Seattle. Foram arrecadados $220milhões, que permitiram ao parque ser concebido para livre acesso ao público.

Foi assim que em janeiro de 2007 foi inaugurado o Olympic Sculpture Park; maior espaço verde do centro de Seattle e museu com entrada gratuita que abriga obras de arte moderna e contemporânea impressionantes, apreciadas à céu aberto e não “encerradas” entre quatro paredes. É uma instituição única nos Estados Unidos.

– Que doido… Um museu de arte ao ar livre!!!

Ah tá! Antes que eu esqueça… Você deve estar se perguntando o que o Museu de Arte de Seattle tem a ver com o parque? Simples! O Olympic Sculpture Park é uma das três instalações do museu:

  1. Museu de Arte de Seattle, unidade principal no centro da cidade.
  2. Museu de Arte Asiática de Seattle, no Volunteer Park em Capitol Hill.
  3. Olympic Sculpture Park, no centro à beira-mar na região do Seattle Waterfront.

O parque premiado

Olympic Sculpture Park
Olympic Sculpture Park (Fonte)

O local escolhido para construir o parque é tão apropriado que parece que foi escolhido a dedo. Não podia ser melhor para dar ainda mais singularidade a esse projeto maravilhoso.

O Olympic Sculpture Park foi construído no extremo norte da região conhecida como Seattle Waterfront, em plena beira mar (ou melhor, beira da enseada).

Além de oferecer vistas deslumbrantes do Space Needle, das Montanhas Olímpicas e da enseada de Puget, sua localização permitiu um projeto arrojado e singular dos arquitetos Weiss/Manfredi de Nova Iorque, escolhidos dentre 52 designers de todo o mundo.

Olympic Sculpture Park
Olympic Sculpture Park (Fonte)

Eles transformaram três áreas bem separadas do terreno original num ambiente único para exposição de esculturas ao ar livre e recreação pública. Para vocês terem uma ideia, o parque atravessa uma linha ferroviária e uma avenida até chegar à beira da água!!!

O caminho em forma de Z vai te levando num passeio em ziguezague desde o pavilhão no nível da entrada até a beira da água, numa descida de 12 metros onde você passa por quatro paisagens distintas que refletem ecossistemas nativos do noroeste do Pacífico.

Olympic Sculpture Park (Fonte: Weiss/Manfredi)
Olympic Sculpture Park (Fonte: Weiss/Manfredi)

-Que ideia genial esses arquitetos tiveram!!!

O projeto proporcionou uma restauração ambiental fantástica para a área que estava abandonada e descuidada, incluindo revitalização da área industrial degradada, restauração do habitat para o salmão no litoral e uso de plantações nativas. Isso sem falar nas estratégias de projeto sustentável como a captura e utilização de águas pluviais do local.

O projeto foi tão bem feito que o Olympic Sculpture Park já recebeu inúmeros prêmios por seu design, engenharia e restauração ambiental.

-Esse parque museu é show!!!

Um museu à céu aberto

E como tal, tem sua coleção de obras de arte moderna e contemporânea expostas ao ar livre pelo caminho em ziguezague do parque!

Ele me lembra um pouco o Inhotim em Minas Gerais, Brasil. -Guardadas as devidas proporções, é claro!!!- Afinal, o Inhotim é o maior museu a céu aberto do mundo, com uma área de 110 hectares e cerca de 500 obras de arte. Eu simplesmente adoro! Os mineiros sabem bem do que estou falando…

Olympic Sculpture Park: Escultura Eagle de Alexander Calder
Olympic Sculpture Park: Escultura Eagle de Alexander Calder (Fonte)

Já o Olympic Sculpture Park tem cerca de 3,6 hectares e umas 20 obras. Bem menor, claro! Mas a proposta dos dois é bem parecida e muito me agrada… Um ambiente aberto, com muito verde, agradável para passear e com muita beleza tanto da paisagem quanto das obras de arte!

Falando um pouco das obras de arte do Olympic Sculpture Park, merece destaque a escultura vermelha de uma águia que aparece na maioria das fotos que você encontra do parque. É a escultura Eagle de Alexander Calder, que foi doada ao parque em 2000 por Jon e Mary Shirley.

Escultura Eagle na frente do Museu Asiático
Escultura Eagle na frente do Museu Asiático

Aí você deve estar pensando: “Como a escultura foi doada no ano de 2000 sendo que o parque foi aberto somente em 2007?”

Acontece que a águia “repousou” em frente ao Museu de Arte Asiática de Seattle até a abertura do parque. -E sabe por que estou contando essa história? Porque euzinha vi essa mesma escultura na frente do Museu de Arte Asiática de Seattle da primeira vez em que estive lá em 2006. Já pensou? Eis a prova na foto ao lado.

Abaixo mais algumas fotos de outras obras de arte do Olympic Sculpture Park, só para te deixar com gostinho de quero mais!

Olympic Sculpture Park

Olympic Sculpture Park
2901 Western Ave, Seattle, WA 98121
Telefone: 206-654-3100

Aberto diariamente com entrada gratuita.

Site oficial: Seattle Art Museum

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*