Um natal em Seattle: 7 curiosidades sobre o natal nos EUA

Então é Natal, e eu adoro essa época do ano. Não poderia deixar de relatar a vocês minha experiência do natal em Seattle em 2013. Foi um natal maravilhoso; uma experiência diferente e muito legal.

Natal em Seattle
Natal em Seattle

Presenciei algumas características e conheci alguns costumes do natal nos EUA que vou dividir agora com vocês. Alguns deles eu conhecia de ouvir falar, mas outros eu nem sabia que existiam.

Foi nesse natal em Seattle, por exemplo, que fui apresentada a gingerbread house, a casinha de biscoito da decoração de natal americana. Fiquei tão encantada com essa casinha colorida que fui atrás de sua história e acabei me deparando com costumes e tradições interessantes do natal norte-americano que não encontramos no Brasil.

White Christmas: o natal branquinho feito de neve!

Eu adoro a época de natal e esse que passamos em Seattle foi bem especial. Foi um natal em família com direito a neve e tudo, no mais belo estilo “white christmas” do hemisfério norte.

-Logo de cara, a primeira diferença!

No Brasil o natal acontece em pleno verão, um calorão de rachar! Já nos EUA, como todo hemisfério norte, a época natalina se passa no inverno. Um friozinho gostoso (eu gosto!) que, em muitos lugares, é recheado com muita neve durante todo o mês de dezembro.

Em Seattle até que não costuma nevar, são 3 ou 4 tempestades por ano, mas tivemos a sorte de pegar uma delas. O branquinho da neve dá um tom especial e faz parte da magia do natal. Afinal, o Papai Noel mora no polo norte e é lá que ele vive com seu trenó puxado por renas, sempre deslizando sobre a neve branquinha.

Voltando ao nosso natal em Seattle… As crianças fizeram a festa. Meus filhos estavam com quase 3 anos e lembram-se da farra na neve até hoje. O Arthur ficou meio desconfiado, mas o Gabriel divertiu-se horrores com o primo Kyle, com direito a boneco e guerra de neve, inclusive. -Foi uma delícia!

Natal em Seattle em 2013: White Christmas
Natal em Seattle em 2013: White Christmas
White Christmas
O white christmas não acontece todos os anos nos EUA, mas americano de verdade torce sempre para que ele aconteça. Essa é uma característica tão forte no natal dos EUA que tem até música e filme intitulados white christmas!

Cantores famosos como Katy Perry e Taylor Swift, por exemplo, já interpretaram a música de Irving Berlin que começa com o verso: “Estou sonhando com um Natal branco…

7 curiosidades sobre o natal em Seattle

As diferenças em relação ao natal no Brasil não param na neve! Alguns costumes e tradições do natal em Seattle são bem interessantes. Isso sem falar nas decorações exuberantes das casas, ruas e lojas!  -Verdadeiras obras de arte.

O americano já é chegado num enfeite… Imagina na época de natal!!! Sinos, laços, luzes, árvores de natal, papai noel, renas, trenó e tudo quanto é penduricalho.

Tem cidades que chegam a promover concursos de decoração de natal entre os moradores, e ruas que chegam a dar filas de carro para ver a decoração.

Separei aqui algumas curiosidades do natal em Seattle e nos EUA.

1. Árvore de natal natural

Muitas casas ainda usam as árvores de natal naturais em sua decoração. Existem até “fazendas de árvores de natal” que plantam e cortam os pinheiros em forma de árvores de natal para vender na época natalina.

Sabe aquelas cenas que vemos muito nos filmes com pessoas indo de carro ou caminhonete pegar uma dessas árvores de pinheiro? -Pois é! Ainda existem nos EUA!

2. Christmas Carols

As músicas natalinas, como a Jingle Bells, por exemplo, são chamadas de christmas carols (traduzindo: cantigas de natal). Nessa época elas infestam casas, rádios e comércio. Tem até rádios que passam a tocar músicas de natal 24 horas por dia depois do Thanksgiving.

Até as crianças entram na onda e aprendem essas christmas carols na escola.

E sabe aqueles grupos que visitam instituições (feito casas de repouso) cantando essas músicas de natal? Eles existem mesmo. Você diz que eles vão “christmas caroling” (cantar as carols). Nasceram de um costume antigo de visitar e cantar para os vizinhos, mas hoje em dia podem ser encontrados, além de instituições, em shopping ou igrejas.

3. Secret Santa

Amigo oculto (ou amigo secreto), chama secret santa nos EUA. Santa de Santa Claus, Papai Noel em inglês. Não são tão comuns nos EUA quanto os são aqui no Brasil.

Mais comum por lá, por incrível que parece, é dar comida de presente no Natal. São muito comuns os pacotes decorados para o Natal com queijos, frios, frutas, vinhos e chocolates (inclusive o christmas bark, chocolate rústico que aparece nessa época), junto com os gift cards.

4. Christmas Stocking

Christmas Stocking é o costume de pendurar meias, ou bolsas no formato de meia, na lareira (toda casa tem uma!), para que o Papai Noel deixe lembrancinhas (pequenos brinquedos, doces, livros, itens de beleza, etc). Uma meia para cada membro da família.

Natal em Seattle: christmas stocking
Natal em Seattle: christmas stocking

Esses pequenos itens, que vão dentro das meias, são chamados de stocking stuffers e não substituem o presente do Papai Noel propriamente dito. Aquele que vem embrulhado em papel de presente e, em algumas tradições, são deixados na árvore de Natal, e, em outras, ao lado da cama das crianças.

Tanto essas meias (stockings) quanto aquelas bengalas vermelhas e brancas (originalmente de doce: candy canes) são a cara da decoração de natal dos EUA! Eu já “americanizei” nesse ponto: já adotei os dois enfeites na minha decoração de Natal. A diferença é que não tenho lareira; elas ficam penduradas na árvore de natal e na porta de entrada.

5. Advent Calendar

Muitas famílias usam o advent calendar, um calendário com 24 quadradinhos que representam os dias de dezembro que antecedem o natal. Normalmente cada quadradinho tem uma janela que vai sendo aberta a cada dia, de 24 até 1, mostrando imagens relacionadas ao natal.

Desta forma, as crianças vão fazendo uma contagem regressiva até a tão esperada noite do natal.

Meus filhos ganharam um calendário desses da tia, mas ele não fez muito sucesso porque os meninos ainda eram muito pequenos para entender o sentido da brincadeira.

6. Agrados para o Papai Noel

Algumas famílias deixam biscoitos (cookies) e leite encima da lareira como “agrado” para o Papai Noel. Meus filhos até hoje usam esse costume, mesmo aqui no Brasil. Acho que lembram do natal em Seattle, pois nunca falei nada sobre isso. Todos os anos eles se encarregam da oferenda!

É claro que não deixam encima da lareira (não temos uma por aqui!). Mas deixam perto da árvore de natal.

7. Gingerbread house

As casinhas de biscoito coloridas são muito populares nas decorações de natal em Seattle e nos EUA. São feitas de pão de gengibre muito duro, que mais parece um biscoito, e decoradas com doces, balas e guloseimas.

São lindas e encantam as crianças. E não é para menos; foram inspiradas na casa de doces do conto infantil de João e Maria.

Em nosso natal em Seattle decoramos uma linda com os meninos. Foi uma farra! Se quiser conhecer melhor essa história, já contei no post Gingerbread house.

Fica a dica
Se você for passar natal em Seattle não deixe de conhecer a Gingerbread Village do Sheraton Seattle Hotel. O hotel, no centro de Seattle, monta todos os anos uma vila de gingergread maravilhosa; tudo muito bem feito e caprichado.

O evento é gratuito e atrai uma multidão. Já está em sua 24ª edição, cada ano com um tema diferente. O tema desse ano de 2016 foi inspirado no mundo mágico! Programa imperdível para as crianças. Minha cunhada sempre leva meus sobrinhos (Lara, valeu pela dica!).

Gingerbread Village do Sheraton Seattle Hotel – 20º edição (Natal 2012)
Gingerbread Village do Sheraton Seattle Hotel – 20º edição (Natal 2012)

Você acredita em Papai Noel ou Do you believe in Santa Claus?

Meus filhos de 5 anos acreditam. Fazem cartinha com seus pedidos, deixam cookies e leite para ele e tentam manter-se acordados na véspera do Natal para espiá-lo. -E que bom que ainda acreditam!

Entra ano, sai ano, o sonho e a magia do bom velhinho de barba branca e roupa vermelha, montado em seu trenó puxado por renas, com um saco de presentes para as crianças, permanecem vivos. -E que bom que permanecem vivos!

Pois bem, Papai Noel também existe no Natal em Seattle. Tal qual aqui no Brasil, as crianças por lá também esperam ansiosas pelo bom velhinho todos os anos. A diferença é que aqui ele entra pela janela e lá pela chaminé!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*