As 10 melhores dicas para aproveitar seu intercâmbio em Seattle

Fazer intercâmbio em Seattle é muito bom! A cidade é o grande centro da região; é uma cidade descolada, alternativa, multicultural e recebe muito bem o visitante. É um lugar para viver, passear e estudar. Ótima opção para quem quer estudar e aprender inglês!

Intercâmbio em Seattle
Intercâmbio em Seattle

Uma vez “sacramentada” como opção perfeita para um intercâmbio em inglês (veja nosso post estudar em Seattle), a pergunta passa a ser: –Como tirar o melhor proveito do meu intercâmbio em Seattle?

É o que vamos descobrir agora!

Intercâmbio em Seattle para aprender inglês

Passando uma vista rápida pela internet, dá para perceber que dica para aprender inglês num intercâmbio fora do país é o que não falta. Você mesmo já deve ter lido um monte sobre isso, certo?

Mas, se prestar atenção, as dicas são praticamente as mesmas. Não tem mistério; aprender inglês é igual em qualquer lugar do mundo e algumas dicas são “universais”:

  • Fique longe do português.
  • Esqueça o Brasil e viva como um nativo americano.
  • Tenha o máximo de contato com a população local.
  • Vença a timidez e não tenha vergonha de falar inglês errado.
  • Não deixe de sair para economizar; procure programas baratos ou gratuitos.
  • Participe de atividades diferentes na cidade.
  • Comunique-se!

No fim, o mais importante de tudo é criar todas as oportunidades possíveis para estar exposto ao idioma. A exposição é a forma mais natural e eficiente de adquirir vocabulário, assimilar as construções da língua e se familiarizar com o inglês. Quanto mais contato com o inglês, melhor!

–Meio óbvio, né? Acho que já estamos tão acostumados a ler essas dicas por aí que acaba entrando na alma por osmose! Bom sinal. Estamos todos “sintonizados” na mesma frequência!

Agora vem o passo seguinte, a parte prática de seu intercâmbio na cidade escolhida. Vamos levar essas dicas “universais” para a realidade de Seattle e acrescentar algumas outras dicas específicas da cidade para você aproveitar o máximo seu intercâmbio em Seattle.

10 Dicas para seu Intercâmbio em Seattle

A cidade de Seattle por si só já cumpre um dos requisitos básicos para o sucesso de seu intercâmbio em inglês: é um destino pouco escolhido por brasileiros! O que significa que você vai ouvir e falar muito pouco o português por aqui, como manda o figurino! –Isso é ótimo! Começamos bem.

Agora é com você! Ler livros em inglês, ir ao cinema, sair para a rua e falar com as pessoas, pegar ônibus, ir ao supermercado, evitar restaurantes com pedidos fáceis (tipo “I want number one”), frequentar locais frequentados por nativos; tudo isso faz você ter que se virar e ter contato com o inglês. Não tenha medo e arrisque-se em seu intercâmbio em Seattle!

1. Faça o curso de inglês na Kaplan International English

Escolher uma boa escola de inglês é imprescindível para o sucesso de seu intercâmbio em Seattle. A cidade não tem muitas escolas de idioma; principalmente se pensarmos em escolas com presença mundial. Aí sim, temos poucas opções. Veja aqui: escolas de inglês em Seattle.

Se você é leitor frequente do VisiteSeattle, já deve ter lido em algum lugar por aqui que minha indicação de escola de inglês em Seattle é a Kaplan. Caso ainda não tenha lido, dá uma olhadinha nos motivos: Por que estudar inglês em Seattle é na Kaplan Seattle?

2. Aproveite todas as atividades extraclasse da Kaplan

Aqui estou falando da Kaplan porque é a escola que conheço. Mas no fim, a dica é participar de todas as atividades e cursos que puder, seja eles oferecidos pela sua escola ou não. Pode ser trabalhar como voluntário em alguma instituição, fazer um curso de culinária ou acompanhar os eventos da cidade.

A Kaplan é ótima nesse quesito. Ela organiza todos os dias atividades extraclasse, dentro ou fora da escola, sempre explorando a cidade e sua programação. Karaokê, jogo de futebol americano (mania nacional), bar com jogos (bem americano), etc.

Em outubro passado meu marido fez um curso de férias na Kaplan Seattle. Algumas das atividades que ele participou com o grupo da escola foi sair para comprar fantasia de halloween e visitar uma plantação de abóbora. -Bem a cara dos americanos, né?

3. Ande de ônibus para deslocar-se pela cidade

A infraestrutura de transporte público da cidade é muito boa e fácil de usar; pode usá-la tranquilamente durante seu intercâmbio em Seattle.

No centro da cidade você consegue fazer muita coisa a pé e para locomoção entre bairros eu sugiro os ônibus. Acho a melhor opção, na realidade. Os ônibus em Seattle são super tranquilos e civilizados. Nem de longe parecidos com os do Brasil.

Outra dica é comprar o passe mensal do ORCA Card, o cartão magnético utilizado para pagar as viagens nos transportes públicos de toda a região da enseada de Puget. Vale a pena!

Veja nosso post sobre transporte em Seattle.

4. Saiba por onde andar e a que horas andar

Uma boa dica de segurança é sempre bem-vinda, ainda mais num lugar desconhecido.

A maior parte da cidade é bem segura. A maioria das áreas com atrações turísticas e os bairros residenciais, fora do núcleo central, são lugares bem tranquilos. Pode andar nas ruas com total segurança.

Mas, como qualquer cidade grande, tem seus problemas de segurança pública; principalmente nos registros de pequenos furtos e no volume de moradores de rua e pedintes dos últimos anos.

Os famosos “homeless” chamam atenção hoje em algumas regiões do centro de Seattle. Eles não chegam a ser perigosos, mas incomodam! É só andar mais atento nesses lugares. Veja as dicas de segurança em Seattle.

5. Aproveite a Biblioteca Pública de Seattle

A biblioteca pública de Seattle, Seattle Public Library, é uma ótima oportunidade para ampliar seus estudos e praticar seu inglês de forma gratuita. Além de seu acervo fantástico disponível para consulta, é um ótimo ponto de encontro. Muitas pessoas passam por aqui todos os dias.

Ela ainda oferece, gratuitamente, programas, aulas e atividades diversas para crianças e adultos, tais como narração de histórias, jogos, sessão de músicas, audição com autores, aula de idiomas, grupos de estudo e muitos outros eventos.

Qualquer um pode participar, é só acompanhar a agenda pelo site oficial e se inscrever. Meu irmão fez aulas de conversação em inglês lá, durante seu intercâmbio em Seattle. Para completar, ainda é um notável ponto turístico da cidade!

Use e abuse dessa biblioteca em seu tempo livre!

6. Frequente os cafés da cidade

Seattle é a cidade americana do café! É onde se toma mais café (maior consumo per capita da bebida) no país. Todo morador que se preza gosta de um belo café e anda sempre com um copinho nas mãos. –Sabe aquelas cenas que sempre vemos em filmes? Aqui, é realidade!

Mais que isso, a cafeteria é usada para fazer uma reunião, ler um jornal, estudar ou somente ver gente. Beber café em Seattle é socializar! Haja vista o tanto de cafeterias que há, em todos os bairros e em todas as esquinas. Inclusive as da maior rede de cafeterias do mundo, a StarBucks, que mantém aqui até hoje a sua loja inaugural, a StarBucks Seattle.

Sabe aquela dica “universal” de viver como um nativo? Pois bem, aproveite esse hábito local e frequente os mesmos lugares que eles. Amplie sua chance de treinar o inglês.

7. Aproveite as opções de passeios gratuitos

Seattle é uma cidade repleta de beleza natural. A cidade está construída sobre sete colinas e é cercada por montanhas, florestas, e muita água! Opção de passeios ao ar livre gratuitos é o que não falta. São muitos parques, lagos, a orla da cidade, trilhas, caminhadas e muito mais. Veja nosso post sobre o que fazer em Seattle.

Ainda nessa linha, não deixe de conhecer os bairros de Capitol Hill e Fremont, tanto de dia quanto de noite. Caminhar pelos bairros mais boêmios da cidade é uma delícia. Fremont, mais excêntrico, é o bairro dos artistas onde as festas de rua são muito conhecidas, e Capitol Hill é onde os movimentos alternativos se encontram em harmonia.

Uma outra dica aqui são os dias de museu de graça. A maioria dos museus de Seattle oferecem um dia de entrada gratuita por mês. Tipo assim: toda primeira quinta-feira do mês a admissão é gratuita. Veja nossos posts sobre os museus em Seattle e fique atento aos calendários nos sites oficiais.

Um outro passeio muito legal de graça é o Mercado Público de Seattle (Pike Place Market). Compre uma fruta em uma das bancas, conheça a culinária local de frutos do mar ou simplesmente caminhe pelos seus corredores apreciando as lojinhas, bares e restaurantes que há por lá.

Para fechar essa dica de passeios gratuitos, fique atento à programação do Seattle Center. Ele oferece muitos eventos gratuitos de artes, música, festivais culturais e até eventos da própria comunidade.

Aproveite a companhia dos amigos da própria escola de inglês, e saiam para passear pela cidade depois das aulas. É assim que você vai gerando oportunidades de ter contato com as pessoas e treinar o idioma cotidianamente. – Aqui, interagir é a palavra de ordem!

8. Use o Seattle Citypass para conhecer atrações turísticas

Seattle é uma cidade turística. Atrás do setor de TI somente, o turismo é um dos que mais emprega na região. Daí você pode imaginar o tanto de coisa que temos para fazer por aqui. Mas conhecer essa “face” da cidade, custa dinheiro!

Por isso, caso você queira conhecer 5 das atrações turísticas mais disputadas de Seattle, a dica é comprar o livreto do Seattle Citypass. Você faz uma economia de cerca de 40% em relação aos tickets individuais das 5 atrações.

9. Faça seu intercâmbio em Seattle na primavera

Se você vai fazer um curso de inglês mais curto (3 ou 4 meses), e puder escolher a época do ano para seu intercâmbio em Seattle, escolha a primavera!

A cidade é conhecida como uma cidade cinza por causa de seus dias nublado, e a chuvinha fina também é bem constante por aqui (veja tempo em Seattle). Mas na primavera o clima fica muito agradável e bem ameno! É um ótimo período para conhecer a cidade.

Eu particularmente gosto muito dessa época (entre março e maio). Sempre peguei dias de sol e uma temperatura muito agradável, não faz um frio absurdo nem tampouco faz calor. E as flores? Como ficam lindas! Sem falar nos dias mais longos; na primavera o sol se esconde perto das 21 horas da noite (eu juro!). Mais tempo para aproveitar a cidade.

10. Não use guarda-chuva

A última dica é bem “local”, só quem mora conhece. Não use guarda-chuva, mesmo na chuva, se não quiser parecer um turista durante seu intercâmbio em Seattle! É muito engraçado isso, mas nativo que é nativo não usa guarda-chuva por aqui!

Agora fechou! Você está pronto para fazer intercâmbio em Seattle!

Nosso blog é parceiro da Kaplan. Se você está interessado pela escola, dá uma olhada nos cursos de inglês da Kaplan Seattle. Ou, se já está decidido, entre em contato conosco através do link abaixo para obter um orçamento e contratar seu curso de inglês.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*